sexta-feira, 9 de março de 2012

Direto dos Pampas!!!

Dom Lona

CNJ Analisa Divórcios no RS
Na última terça-feira o CNJ – Conselho Nacional de Justiça, apresentou o resultado de um estudo feito junto às Varas da Família das Comarcas da grande Porto Alegre – RS.

Segundo o estudo, o número de processos de separação e divórcio vem aumentando gradativamente, e já representam 18% de todo o volume de lides submetidas ao Judiciário Gaúcho. Segundo o levantamento, 85% destes processos foram deflagrados pelas mulheres e o motivo principal é a traição de seus maridos. Até ai tudo bem.

Mas o dado que causou mais surpresa ao Assessor de Imprensa do Tribunal Gaúcho é que há um aumento exponencial das alegações de traição por parte dos homens com seus melhores amigos. “É incrível o que vem ocorrendo nos últimos anos. Em alguns casos as ações foram ingressadas em conjunto por duas mulheres cujos maridos mantinham uma relação paralela”, explicou o Assessor.

Os dados mostram que 75% das separações embasadas em traições são fundamentadas em quebra do dever de fidelidade do varão para com algum outro homem, o que no decorrer do processo vem a se confirmar.

O CNJ diz que não há motivos para surpresas ou medidas a serem tomadas e que realmente os resultados variam de acordo com os costumes da população, extremamente heterogêneos em um país de dimensões continentais como o Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário